Projeto do EDH/UNICHRISTUS é um dos finalistas

Notícias outubro de 3 de 2012 - 17:45

A Comissão de Direitos Humanos já decidiu quem são os finalistas da 5ª edição do Prêmio Anamatra de Direitos Humanos. Os magistrados se reuniram no último dia 20 de setembro para analisar os 115 trabalhos inscritos. A premiação acontecerá no dia 28 de novembro, em São Paulo.

A diretora de Cidadania e Direitos Humanos da Anamatra, Sandra Berteli, esteve à frente da seleção dos trabalhos, que também contou com a ajuda do jornalista e professor universitário Lunde Braghini, que fez uma pré-seleção das matérias jornalísticas que concorrem ao prêmio. Além dos finalistas em cada categoria, também foram selecionados trabalhos para receber menção honrosa.

Confira abaixo os finalistas de cada categoria.

CATEGORIA CIDADÃ

Título do trabalho: Desenvolver-se também é divertido

Participante: Associação Pró-Criança e Família Recife (PE)

Resumo: O projeto que ora se apresenta está direcionado ao combate e à prevenção do trabalho infantil. O objetivo é visar o estímulo ao desenvolvimento, à formação e à aprendizagem com contraturno escolar, sempre de modo a proporcionar maiores oportunidades de diversão. Existe uma escolinha de teoria e prática de violão, com aquisição de instrumentos, e foi potencializada a oficina de artesanato numa perspectiva de reciclagem para confecção de brinquedos. Projeto que conta com o apoio da Amatra da 6° região (PE).

Título do trabalho: Promotoras Legais Populares pelo Trabalho Doméstico Decente

Participante: Universidade Católica de Brasília-UCB: Taguatinga (DF)

Resumo: O projeto baseia-se em consolidar e fortalecer um grupo de mulheres trabalhadoras domésticas capazes de redimensionar e construir criticamente a opinião pública e produzir ações concretas de intervenção na realidade social. Para tal, foram realizados encontros semanais nas tardes de sábado, já que a maioria das domésticas trabalha no sábado pela manhã, com oficinas que contaram com a participação de profissionais de direito, serviço social e psicologia, auxiliados por estudantes da área e acompanhados por movimentos feministas e popular, além da parceria com a Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas.

CATEGORIA TJC

Título do trabalho: TJC na Toyama

Participante: Escola Estadual de Ensino Fundamental Toyama Rio Grande do Sul

Resumo: A primeira etapa do programa possibilitou a formação de 31 professores em assuntos relacionados ao Direito Penal, a abordagens psicológicas de determinadas situações enfrentadas pelos professores no âmbito escolar, como violência e bullying e, principalmente, ao Direito do Trabalho.

Título do trabalho: Comunidade e direitos sociais

Participante: Clovis Renato Costa Farias Ceará

Resumo: O Projeto objetiva promover a educação em Direitos Humanos, em ramo integrante dos direitos fundamentais de segunda dimensão, para esclarecer aos alunos das escolas públicas profissionalizantes, já conveniadas com a Amatra VII, sobre direitos básicos do trabalhador.

CATEGORIA IMPRENSA

SUBCATEGORIA FOTOGRAFIA

Título do trabalho: Reciclado vidas

Participante: Alexandre Antonio Ribeiro Gondim Recife (PE)

Resumo: As ruas e avenidas se viram uma terra sem fiscalização, com lixos em toda a parte onde catadores fazem triagem dos dejetos no meio da rua, as margens do rio Capibaribe.

Título do trabalho: A dor se repete

Participante: Marcos Porto Blumenau (SC)

Resumo: O flagrante ocorreu instante após o irmão do trabalhador, um pintor, ter caído do 11º andar de um edifício em obras no centro de Balneário Camboriú, cidade litorânea de 108 mil habitantes em Santa Catarina.

SUBCATEGORIA RÁDIO

Título do trabalho: Começar de Novo – Da capacitação ao esporte: o recomeço dos detentos

Participante: Ana Lúcia Almeida Caldas Oliveira Brasília (DF)

Resumo: A reportagem foi veiculada em fevereiro de 2012, com base em depoimentos de detentos e egressos do sistema prisional, e a idéia foi mostrar o recomeço e a perspectiva dessas pessoas através da inserção no mercado de trabalho. A matéria aborda também os acordos firmados para contratar mão-de-obra de presos em obras da Copa. A reportagem quer mostrar que novas chances são possíveis.

Título do trabalho: Especial Jogadores de Futebol

Participante: Marcela Duarte D’Alessandro Brasília (DF)

Resumo: As reportagens sobre fraudes trabalhistas em clubes profissionais de futebol foram realizadas em aproximadamente um mês.  Com a finalização da série, a intenção é de que o público-ouvinte possa perceber que a vida de jogador de futebol geralmente ligada a vitórias, sucesso, dinheiro e mulheres, pode ter uma realidade bem diferente.

SUBCATEGORIA TELEVISÃO

Título do trabalho: Segunda chance

Participante: Caco Barcelos

Resumo: O programa Profissão Repórter acompanhou o esforço de ex-detentos para recuperar suas vidas do lado de fora das grades. Em três reportagens, durante três meses, as equipes acompanharam histórias de pessoas que saem da prisão ou ganham liberdade provisória e tentam uma SEGUNDA CHANCE.

Título do trabalho: Nosso lixo

Participante: Carina Dourado Rodrigues Brasília (DF)

Resumo: O lixo é o tema da reportagem que mostrou como a gestão dos resíduos sólidos no Brasil está ligada às condições de miséria, onde há quase total ausência de direitos humanos. Mostrou ainda iniciativas da sociedade civil para converter o lixo orgânico, que as ações públicas chamam de dejeto, em adubo de qualidade, que é facilmente produzido em casa.

SUBCATEGORIA IMPRESSO

Título do trabalho: Profissão perigo

Participante: Ana Cristina d’ Angelo

Resumo: A série mostra os acidentes de trabalho principalmente os que resultam em morte, pela situação em que as famílias ficam após os acidentes com vítima. Os sindicatos de diferentes categorias foram procurados em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte para passar informações, dados ou contatos das famílias das vítimas para confecção da série. Houve muitos relatos das famílias, estatísticos e governo.

Título do trabalho: Fora da Lei

Participante: Joelmir Tavares de Rezende Belo Horizonte (MG)

Resumo: A série de reportagens mostrou que trabalhadores são explorados em obras com a participação direta ou indireta do governo federal, em vários Estados. Um dos principais projetos da atual gestão, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) tem registros de descumprimentos de legislação trabalhista e convenções coletivas, má-fé de empresas terceirizadas, perseguições e represálias a grevistas, fiscalização insuficiente e até escravidão.

Mídias Sociais

Unichristus
Unichristus 2018. Todos os Direitos Reservados.