Histórias de Sucesso – José Pereira

Por ricardo em Notícias novembro de 4 de 2010 - 16:52

José PereiraEm ritmo acelerado

A trajetória profissional de José Pereira da Silva Filho teve partida ainda em sua juventude, como funcionário do Colégio Christus. Com uma história marcada por muito esforço e pela busca constante por aprendizado, nosso personagem deste mês, o “chegado” José Filho, recorda os principais momentos e ensina que o sucesso é, de fato, o resultado de quem não se mantém parado. Palavras de chefe!

Ainda menino, José Filho já era destaque. O senso de responsabilidade e as palavras bem pausadas não remetiam à figura do jovem de 18 anos recém-admitido para trabalhar como contínuo no Colégio Christus. O ano era 1998. Sem se dar conta, José Filho cresceu pelos corredores, entre um serviço e outro. “Certa vez, tive um problema com o veículo que usava para despachar os documentos e precisei assumir a responsabilidade. Não dá para ficar se lamentando e fugir da obrigação, né?”, relembra com um ar de quem tem orgulho da própria história.

De ajudante a funcionário “de cadeira” foi um pulo. Um salto, na verdade. José Filho foi auxiliar de escritório e auxiliar de Departamento de Pessoal até assumir o posto de assistente deste último setor. Aliás, foi no Departamento de Pessoal que muitas mudanças começaram a acontecer na vida de José Filho. “Eu atuei em todas as etapas e rotinas dentro do DP, desde a admissão de funcionários, passando pela geração de folha de pagamento aos trâmites do desligamento. Foi assim que surgiu meu interesse pela área trabalhista e pela contabilidade”, explica.

Esse despertar natural foi o divisor de águas na vida de José Filho. A facilidade com os números e o senso de organização rigoroso, privilégio de poucos, foram as primeiras características que ele observou. “Quando  repenso essa decisão, vejo que eu tinha um dom que não conhecia. As habilidades já estavam comigo aguardando a hora certa da oportunidade”, arrisca. Com a vontade incomodando os pensamentos, José Filho deu ouvidos ao desejo: prestou vestibular para Ciências Contábeis na Faculdade Christus. A rotina ficou corrida: trabalho o dia inteiro, e aula à noite, “e nesse período, eu também fiz vários cursos de extensão aos sábados”, completa.

Ciente da importância dos bons contatos para o sucesso profissional, José Filho se revestiu de simpatia. Ficou amigo de professores, se espelhava nos diretores e amigos e se apegou aos conselhos “de gente abençoada por Deus”. Assim, nesse ambiente de boas energias, eis que surgiu a primeira oportunidade de estágio na área. “Troquei a estabilidade do emprego pelo cargo de estagiário em um escritório de contabilidade, a Contagem Contabilidade & Gestão Empresarial Ltda. Foi difícil abandonar o Grupo que tanto me acolheu, mas eu senti que era o meu momento”. José Filho agarrou a oportunidade e voou. Mas o carisma e o profissionalismo o trouxeram de volta. Admitido como analista contábil, ele retornou ao Colégio Christus para aplicar todo o conhecimento de quem estava quase se formando. “Ainda estava concluindo o curso de Contábeis”, relembra.

Organizado como ele só, José Filho ainda encarou ser monitor de duas disciplinas – Auditoria I e Legislação Tributária Aplicada a Contabilidade –, participou de eventos na faculdade, redigiu e publicou artigos científicos e finalizou a monografia com folga. “Dois meses antes de me graduar em Contábeis, eu comecei a fazer pós-graduação em Auditoria na Faculdade Christus. Aproveitei que tava no ritmo para não desanimar”.

Quando o comodismo começou a bater à porta de José Filho, ele se mexeu. Conquistou uma vaga como Auditor Contábil na empresa Audiplac Auditoria e Assessoria Contábil e ainda despertou o desejo da esposa, Frediane Tomé, em trilhar os caminhos da contabilidade. “Eu acho que ela se encantou pelo tanto que eu insisti. A insistência não era nem proposital, não. Eu só comecei a ressaltar os pontos positivos da profissão e o quanto a minha vida tinha mudado. Aos pouquinhos, a convenci”, relembra.

Ao mesmo passo que Frediane ingressava na graduação, José Filho concluiu a especialização. E não parou por aí. Seguiu no ritmo e já se matriculou na 2ª pós-graduação – Controladoria e Gestão Empresarial –, também na Faculdade Christus. O curso deve ser concluído em meados do próximo ano. A vida profissional parece ter acompanhado cada passo dos estudos de José Filho. Na mesma época, com a alma inquieta, ele resolveu arriscar e tentar uma vaga de Contador na Transbet Transporte e Logística Ltda, uma das maiores empresas de transporte e logística do Brasil, com filiais em vários estados. O processo seletivo foi rigoroso, mas eis que o nosso protagonista não fez feio. Hoje, além de aplicar os conhecimentos em contabilidade, José Filho gerencia pessoas, está à frente de grandes contas e ainda ocupa um cargo estratégico em tomada de decisões.

Quando indagado sobre o futuro, ele é certeiro em responder: “Quero fazer mestrado em Controladoria e me preparar para lecionar. Por enquanto, sigo bem atento ao mercado porque sei que é preciso saber a hora certa de sair e buscar novas possibilidades”, adverte. E ele não foge à responsabilidade. Com o currículo reforçado, José Filho afirma que gosta mesmo é de trabalhar com gerenciamento de crises e estratégias. “Eu quero contribuir, inovar. O desafio me estimula a mostrar todo o meu potencial”.

Com esse ritmo, alguém arrisca duvidar das palavras de José Filho?

Mídias Sociais

Unichristus
Unichristus 2018. Todos os Direitos Reservados.