fbpx

Histórias de Sucesso – Hadjanne Almeida

Notícias novembro de 4 de 2010 - 16:36

HadjanneEla está em uma das 100 melhores empresas do Brasil para se trabalhar!

Você já pensou em mal sair da Faculdade e ser chamado para trabalhar em uma das 100 melhores empresas para se trabalhar? A aluna do Curso de Administração da Unihristus, Hadjanne Almeida, conseguiu essa proeza. Ela trabalha como atendente comercial na Moura Dubeux Engenharia, empresa eleita pelo Instituto Great Place to Work uma das 100 melhores do Brasil para os colaboradores. No entanto o rápido sucesso no mercado não ofuscou o sonho de fazer mestrado e conciliar as atuais atividades com a docência.

O currículo profissional de Hadjanne é de impressionar. Ela já teve passagens por empresas, como SG Propag, Ac Nielsen do Brasil, Unimed Fortaleza e, desde 2008, Moura Dubeux Engenharia, empresa pernambucana, com representações em mais quatro estados nordestinos (Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas e Bahia). E pensar que ela começou a vida acadêmica pensando em seguir carreira na área de saúde.

Para felicidade do mundo corporativo nordestino, o desvio de rota rumo à Administração foi feito a tempo por Hadjanne Almeida. O insucesso da primeira escolha serviu de lição e o prefixo “in” foi devidamente abandonado do dicionário da egressa da Unichristus. “Escolhi a Administração porque é um curso que me fornece várias opções de atuação, é dinâmico, atual, abrangente e acompanha as mudanças provindas da crescente globalização de mercados e negócios”, entusiasmou-se Hadjanne.

Outra substituição feliz na vida da profissional foi a de IES (Instituição de Ensino Superior). Beneficiada pelo programa de Graduados e Transferidos da Faculdade Christus, Hadjanne resolveu seguir os conselhos de um colega de trabalho que já estudava em nossa instituição. “Isso me permitiu melhor qualidade de vida, devido à maior acessibilidade, melhores professores, melhor estrutura e infinitamente melhor qualidade de ensino. Não me arrependo, foi uma troca que só me favoreceu”, enfatiza.

O fato de trabalhar desde cedo, de ter cursado previamente algumas disciplinas e de não vir de uma família abastada levaram a jovem a avançar pela grade do curso de forma mais lenta. “Nossa família é composta pelos meus pais, eu e mais 3 irmãos (um homem e duas mulheres), sendo eu a mais velha. Vivíamos bem, mas nunca fomos ricos. Para fazer faculdade, tive que trabalhar e pagar eu mesma. Mas meus pais sempre estiveram do meu lado, ajudando, na medida do possível”, relatou-nos Hadjanne.

Durante sua passagem pela Faculdade Christus, a hoje administradora não esqueceu de primar pelo aproveitamento máximo de todas as disciplinas e de tudo mais que oferece a vida acadêmica. “Na faculdade, você não adquire somente conhecimento; ganha amigos, experiências de vida e momentos inesquecíveis”. Prova do que a profissional diz foram as excelentes impressões deixadas durante sua passagem pela Faculdade Christus (encerrada com a conclusão do curso em 2008.1), as quais lhe valeram uma oportunidade, muito bem aproveitada, na Moura Dubeux Engenharia.

“Meu orientador de monografia na faculdade, o professor Fernando Bezerra, de quem eu já tinha sido aluna em algumas disciplinas, foi convidado a assumir o cargo de Gerente Comercial dessa construtora. Então, um dia, ele veio falar comigo e me perguntou se eu aceitava sair da empresa onde eu estava e ir trabalhar com ele e sua equipe na construtora”, conta. Recebeu e aceitou o convite com grande entusiasmo e o sucesso dela foi comemorado por todos os professores que estiveram mais próximos da estudante durante sua passagem pela instituição, entre os quais a própria aluna destaca os professores Eleazar de Castro, Beatriz Fiúza e Ana Vládia Sobral.

“Isso significou reconhecimento aos meus esforços durante o curso, comprovando que minha dedicação, empenho e participação não foram em vão. Esse carinho se estendeu até depois que eu saí do curso. Eu fui convidada para falar de minha história na faculdade assim que foi inaugurado o Núcleo de Práticas Empreendedoras”, conta Hadjanne. E o gosto pelo ambiente acadêmico parece mesmo não conflitar em nenhuma medida com sua intensa atividade no mundo corporativo.

Apesar do rápido sucesso profissional, a egressa não desistiu do sonho de fazer um mestrado e se tornar, também, uma professora universitária. “São dois projetos que pretendo realmente concretizar. Mas isso requer planejamento, investimento e muita dedicação. Como gosto da área de marketing e projetos, devo seguir uma dessas linhas de pesquisa”, projeta. Uma aula de perseverança, competência e profissionalismo ela já deu a todos nós.

Mídias Sociais

Unichristus
Unichristus 2018. Todos os Direitos Reservados.