fbpx

Curso de Linguagem e Persuasão – O Poder da Argumentação

Notícias agosto de 28 de 2014 - 19:37

Docente: Prof. Me. Francisco Sérgio Souza de Araújo
Público Alvo: Alunos do Curso de Engenharia Civil e de Engenharia de Produção.
Categoria: Ensino
Carga-horária: 12h (válidas como atividade complementar condicionada à entrega do relatório A3 até uma semana após a finalização do curso)
Local: Unichristus, Campus Dom Luís
Datas: 23 (terça-feira), 25 (quinta-feira) e 30 (terça-feira) de setembro e 02 (quinta-feira) de outubro
Horário: 14h às 17h
Inscrições: R$ 40,00 até 17 de setembro
Vagas: 30 Mínimo: 15

O curso LINGUAGEM E PERSUASÃO: O PODER DA ARGUMENTAÇÃO, em sua fase 2, apoia-se pedagogicamente no fato de ser necessário o uso consciente, pelo engenheiro, de linguagem apropriada em suas inter-relações corporativas, no sentido de, não poucas vezes, precisar persuadir e convencer aquele com quem dialoga.

No dia a dia da atuação do profissional engenheiro, dependendo da função desempenhada, quase sempre ele entra em momentos de negociação discursiva com clientes, outros engenheiros, superiores hierárquicos, representantes de órgãos públicos, instantes nos quais deseja que seja vencedora sua maneira de pensar, que seja entendido e aceito determinado projeto por ele desenvolvido, ou mesmo que este tenha confirmada sua execução, entre outras situações.

Para tanto, precisará desenvolver discurso eficiente a ponto de persuadir e convencer seu oponente no debate ali desenvolvido, levando-o a compactuar e, por fim, a aceitar as ideias por ele apresentadas. Esse convencimento, no que se refere ao desenvolvimento do discurso proferido, se dará pela capacidade argumentativa, cuja função maior será a persuasão do opositor, seja por meio escrito, seja por meio da conversação direta.
Neste curso, serão utilizados estratégias e recursos pertinentes ao processo dialógico, os quais possibilitem ao profissional engenheiro condições de vitória no jogo discursivo de que porventura participe.

Além desse contexto profissional, esse curso, objetivando contribuir com a vida acadêmica do futuro engenheiro, também engendrará atividades que auxiliem na experiência do jogo discursivo evidenciado na academia, a título de possível orientação para apresentação de comunicações orais em eventos na própria instituição, também em acontecimentos fora da instituição – congressos, seminários, encontros acadêmicos –, além da necessária defesa de monografia ao término do curso.

Ementa:

Objetivos:
1. Apresentar aos estudantes de Engenharia estratégias argumentativas componentes de discursos pró-persuasão no âmbito da oralidade.
2. Debater com os estudantes de Engenharia acerca de como estratégias argumentativas orais podem ser incorporadas ao discurso acadêmico e profissional deles, a ponto de alcançarem, em momentos de negociação, seja esta de que tipo for, a necessária persuasão do oponente.
3. Encaminhar os estudantes de Engenharia à ação de desenvolvimento de argumentação oral convincente em seu discurso, porquanto bem estruturada.

PROGRAMAÇÃO

DIA 23 DE SETEMBRO
1. Exposição aos participantes de teoria sobre o que seja argumentação oral.
2. Exposição aos participantes das condições da argumentação e da consistência da argumentação oral.
3. Visualização de breves vídeos explorando gêneros textuais de âmbito social e acadêmicos com finalidade argumentativa oral.
4. Detecção de argumentos nos gêneros textuais assistidos.

DIA 25 DE SETEMBRO
1. No Laboratório de Informática, antes de pesquisa orientada, debates em torno de trechos de destaque nos conteúdos teóricos relativos à argumentação sugeridos pelo professor-palestrante para leitura dos participantes em material impresso (cópias de capítulos de obras referenciadas) selecionado e disponibilizado antecipadamente.
2. No Laboratório de Informática, pesquisa e seleção, pelos participantes do curso, em pequenos grupos, de temas que gerarão construção de textos na perspectiva da argumentação oral.

DIA 30 DE SETEMBRO
1. Produção de texto escrito (esquematização) voltado à argumentação, nos pequenos grupos anteriormente formados, tendo por base a pesquisa temática realizada no encontro anterior.
2. Organização, nos pequenos grupos, de texto com caráter argumentativo oral, tendo por base a pesquisa temática realizada no encontro anterior e na esquematização desenvolvida.

DIA 02 DE OUTUBRO
1. Apresentação dos textos com caráter argumentativo oral, criados pelos pequenos grupos no encontro anterior, tendo por base a pesquisa temática realizada.
2. Avaliação oral do curso por participantes e palestrante.
3. Encerramento.

BIBLIOGRAFIA

DIDIO, Lucie. Leitura e produção textual. São Paulo: Atlas, 2013.
FRANÇA, Ana Shirley. Comunicação escrita nas empresas: teorias e práticas. São Paulo: Atlas, 2013.
GARCIA, Othon Moacir. Comunicação em prosa moderna: aprenda a escrever, aprendendo a pensar. 27 Ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010.
GUIMARÃES, Thelma de Carvalho. Comunicação e linguagem. São Paulo: Pearson, 2012.
PERELMAN, Chaïm; OLBRECHTS-TYTECA, Lucie. Tratado da argumentação: a nova retórica. Tradução de Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2002.
REBOUL, Olivier. Introdução à retórica. Tradução de Ivone Castilho Benedetti. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
SAUTCHUK, Inez. Perca o medo de escrever: da frase ao texto. São Paulo: Saraiva, 2011.

Mídias Sociais

Unichristus
Unichristus 2018. Todos os Direitos Reservados.