Objetivos

O crescimento rápido e a complexidade das organizações e das suas relações causou um aumento na demanda por sistemas e por métodos de tomada de decisão nos planos estratégico e operacional. Tais decisões estão intrinsecamente ligadas à área de Engenharia de Civil cujas aplicações são fundamentais para o sucesso competitivo de organizações.

A queda progressiva das barreiras econômicas com a globalização vem exigindo das empresas alto grau de competitividade, atingida por meio da redução dos custos, do aumento da qualidade dos produtos e dos serviços e de alto grau de flexibilidade e reação rápida a um mercado global e dinâmico. Atingir as exigências exige maior qualificação do pessoal produtivo e gerencial. Assim, o Engenheiro Civil assume papel-chave no desenvolvimento da sociedade, tendo função conciliatória entre as necessidades de produção e consumo e as necessidades de sustentabilidade.

Nesse contexto, o Engenheiro Civil é fundamental no desenvolvimento de novos sistemas de construção civil, além de todos os ramos da atividade econômica e empresarial.

Para o desenvolvimento das Nações, é imperativo formar Engenheiros, pois esse profissional qualificado atenderá às demandas de empresas de diversos segmentos e porte.

Objetivo Geral

Formar profissionais de Engenharia Civil com sólida formação técnico-científica e profissional, que possuam as competências e as habilidades preconizadas pelos órgãos governamentais, pelo mercado de trabalho e pela sociedade e, adicionalmente, participar de forma ativa no desenvolvimento do país, por meio da oferta de educação superior de engenharia de qualidade e acessível.

Objetivos Específicos

a) Dar capacitação ao egresso do curso para identificar e propor soluções técnicas aos problemas da sociedade, por meio do domínio e da utilização de conhecimentos tecnológicos aplicados na área da engenharia civil.

b) Capacitar o egresso a absorver e a desenvolver novas tecnologias, dentro de uma postura de permanente busca da atualização profissional.

c) Oferecer um currículo que disponibilize ao estudante o tempo necessário para a consolidação dos conteúdos adquiridos, para o desenvolvimento de atividades acadêmicas complementares e para a realização de trabalhos extraclasses, individuais e em grupo, visando ao incremento de sua autonomia intelectual.

d) Formar engenheiros civis autônomos, generalistas, mas com capacidade de especialização, autonomia e autoaprendizado.

e) Dotar o engenheiro dos conhecimentos requeridos para exercício das competências e das habilidades previstas para o egresso.

Mídias Sociais

Unichristus
Unichristus 2018. Todos os Direitos Reservados.